Doria estuda alterar ciclovias, começando pela Zona Leste

content image
A proposta da Prefeitura de readequação da via para ciclistas partiu de projeto para transformar parte da atual malha cicloviária, onde ciclistas têm faixa exclusiva, em ciclorrotas, em que bicicletas dividem espaço com os carros nas ruas

Gestão Doria quer readequar malha cicloviária da cidade

A primeira região a receber alterações será a Vila Prudente, na Zona Leste de São Paulo, onde, segundo a pasta, haverá debate com ciclistas e comunidade para “buscar as melhores alternativas”. Por meio de nota, o secretário de Mobilidade e Transporte, Sérgio Avelleda, disse que quer que o ciclista trafegue com segurança pelos 17 mil quilômetros de ruas da cidade, em vez de transitar “apenas nos 498,3 quilômetros de vias destinadas aos ciclistas”.
O ciclista Sérgio Luiz Teles de Lima, presidente do grupo Pedala Itaquera, deu sua opinião ao jornal IN: “Antes de criticar, temos que vê qual será a proposta feita por Dória, creio eu, que ele só tem feito melhorias para a cidade e não deve ter tomado essa decisão do dia para noite, como um bom empresário deve ter feito um planejamento de todas as ciclovias e visto qual a necessidade delas, mas agora como disse, é sentar e debater o que será melhor para o ciclista”, finaliza.
Outras modificações:
O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), estuda desativar a ciclovia da Rua da Consolação, na área central da capital paulista, e criar uma ciclorrota alternativa. A Prefeitura não informou que ruas deverão ser usadas em substituição à ciclovia da Consolação. Para Doria, atualmente a via “não pode ser usada de forma segura”.