46ª edição do SP Cidade Linda

content image

A região da Praça Brasil, em Itaquera, foi a primeira beneficiada com as ações coletivas do SP Cidade Linda, que a partir desta 46ª edição conta com a integração de outros programas, como o Bairro Lindo, o Calçada Nova - Mutirão Mário Covas, além de reunir projetos de saúde, educação e de proteção aos animais.
“Todos os projetos da Prefeitura vão ficar debaixo do Cidade Linda, que passará a ser a grande matriz de zeladoria da cidade, com mais força e mais recursos. Os serviços serão feitos conjuntamente em regime de mutirão. Haverá uma quantidade maior de pessoas da Prefeitura, e também das prestadoras de serviço, e voluntários, que também podem ajudar e cooperar”, disse o prefeito João Doria.
Nesta ação, além da participação da regional de Itaquera, responsável pela área, houve um verdadeiro mutirão das Prefeituras Regionais da Zona Leste. Mais de 150 funcionários foram envolvidos.
Esta edição também contou com a ajuda da comunidade, associações esportivas da região, dos frequentadores do Centro Esportivo José Bonifácio e do Grupo Pedala Itaquera, por meio do programa Bairro Lindo.
Localizada na região do Conjunto José Bonifácio, na Zona Leste, a Praça Brasil é a principal do bairro. Possui pista de skate para a prática da modalidade street, área de caminhada, parquinho e equipamentos de ginástica.
Ao longo de toda a semana, a região da praça receberá serviços de limpeza e manutenção. As ações de corte de grama e poda das árvores já começaram. Também serão feitas pintura anti-pichação, das guias, instalação de bancos e lixeiras e o plantio de 440m2 de grama. O bolsão de estacionamento do local também receberá ações de tapa-buraco, demarcação de vagas e a inclusão de vagas para idosos e pessoas com deficiência.

Conjunto Habitacional Safira
Após o SP Cidade Linda, o prefeito visita as obras do Conjunto Habitacional Safira, um empreendimento viabilizado pelo Programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal, em parceria com o Governo do Estado, pelo Casa Paulista, e Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Habitação e COHAB-SP. Serão 956 unidades distribuídas em 12 torres numa área de 32.003,62 m², em terrenos desapropriados pela COHAB-SP na região de Itaquera. A Prefeitura aportou R$ 10 mil por unidade e desapropriou a área por meio da COHAB-SP. O investimento total do município foi de R$ 35,6 milhões, outros R$ 23,2 milhões do Governo do Estado e R$ 79 milhões do Governo Federal. Os apartamentos terão entre 47 e53 m². O conjunto contará com áreas comuns que incluem salão de festas, quatro parques infantis, oito salões de festas e quatro quadras esportivas.
Hoje essa obra emprega 400 operários, sendo que no estágio de acabamento poderá chegar até 450 funcionários.