A Copa do Mundo é aqui

content image
Governo e organizadores pedem para que os cidadãos optem pelo transporte público. Medida pode beneficiar todos os que acompanharão os jogos no Itaquerão. Através do metrô, por exemplo, tempo de viagem entre estação da Luz e Itaquera é de aproximadamente 19 minutos.

Governo pede para cidadãos optarem pelo transporte público na Copa

A Prefeitura de São Paulo, por meio da SP Copa, e o governo do estado reiteraram no dia 9 de junho, que torcedores terão acesso aos jogos da Copa do Mundo realizados na Arena Corinthians, em Itaquera, por meio de transporte coletivo, preferencialmente por meio do metrô e dos trens metropolitanos. Em caso de persistência da greve dos metroviários, um sistema emergencial de transporte coletivo será acionado.
A vice-prefeita e coordenadora da SP Copa (Comitê Integrado de Gestão Governamental Especial para a Copa do Mundo de Futebol de 2014), Nadia Campeão, ressaltou que o governo vai reagir caso a greve dos metroviários continue e dificulte o acesso dos torcedores da Arena Corinthians. Sobre mobilidade, a coordenação da Copa em São Paulo dá a orientação de que a maior parte do público se dirija à arena pelo sistema de trilhos, pelo trem e pelo metrô. Isto nós vamos garantir a todos que forem para lá. Se o transtorno existir, nós vamos reagir à altura do que precisa ser feito.
A recomendação aos torcedores é que procurem utilizar o transporte público para ir aos jogos. É aconselhado que comprem os bilhetes de ida e volta com antecedência e verifiquem qual entrada do estádio devem utilizar. Para ingressos que têm acesso à entrada oeste, deve ser utilizada a estação Artur Alvim do metrô, na linha 3-Vermelha. Já para a entrada leste, o torcedor deverá utilizar o Expresso Copa na linha 11- Coral da CPTM, com desembarque na estação Corinthians-Itaquera. A viagem de trem entre Luz e Corinthians-Itaquera tem tempo estimado de viagem de 19 minutos e as partidas ocorrem a cada oito minutos.
Segundo a coordenadora da secretaria executiva do Comitê Paulista para a Copa de 2014, Raquel Verdenacci, o deslocamento dos torcedores é compatível com a capacidade de transporte do metrô e dos dos trens.
A ligação do Aeroporto Internacional de Guarulhos ao metrô será feira por meio das linhas de ônibus Airport Bus Service e Metrô Tatuapé da EMTU. O aeroporto de Congonhas será conectado com o metrô São Judas pela linha 609J/10 da Sptrans. Há ainda a opção de utilizar táxis, que terão acesso aos bolsões de embarque e desembarque em área próxima ao estádio.
Pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida poderão utilizar gratuitamente as vans do serviço Atende, que ligarão o terminal Urbano de Itaquera ao estádio. Também estarão à disposição deste público vagas de estacionamento especiais.
Bloqueios
Nos dias de jogos no Itaquerão o acesso ao entorno será restrito a torcedores com ingressos, moradores e veículos credenciados. As vias serão bloqueadas 6 horas antes do início dos jogos e desbloqueadas 2 horas depois. Haverá também alteração em todas as linhas do transporte coletivo que se dirigem ao Terminal Itaquera. Haverá seis pontos de verificação veicular, em que será permitido somente o acesso de veículos credenciados, e 26 bloqueios operacionais, em que será totalmente proibida a circulação.
Ao todo, foram emitidas 116 Autorizações de Acesso ao Morador, destinadas a pessoas que moram ou têm comércio nos arredores do estádio. Estes veículos poderão acessar 12 pontos de acesso local, em vias permitidas somente aos moradores.