Eleições: você pode mudar o Brasil!

content image

Na disputa pelo Governo, Geraldo Alckmin (PSDB) continua liderando com 45% das intenções de voto, enquanto Paulo Skaf (PMDB) aparece em seguida com 19%, Alexandre Padilha (PT) com 11%; e Laércio Benko (PHS) com 1%. Gilberto Natalini (PV), Raimundo Sena (PCO), Wagner Farias (PCB), Gilberto Maringoni (PSOL) e Walter Ciglioni (PRTB) não atingiram a pontuação mínima de 1% e juntos, totalizaram 2% das intenções de voto. 13% escolheram o voto em branco ou nulo.
Os entrevistados foram questionados sobre qual candidato não votariam de forma alguma, onde o petista Alexandre Padilha foi o mais rejeitado com 23% das menções, Geraldo Alckmin vem na sequência com 16%, Paulo Skaf obteve 13%, Gilberto Maringoni e Gilberto Natalini receberam 9% cada, Raimundo Sena e Laércio Benko 8% cada, enquanto Walter Ciglioni e Wagner Farias 7% cada.
Simularam, ainda, um possível segundo turno entre os dois primeiros colocados, onde Geraldo Alckmin seria reeleito com 54% das intenções de voto, enquanto Paulo Skaf ficaria em segundo com 24%. Os votos em branco ou nulo somaram 14% e os que não sabem ou não responderam 9%.
Em um cenário com os candidatos que disputam uma vaga no Senado, José Serra (PSDB) aparece em primeiro com 34% da intenções de voto, Eduardo Suplicy (PT) vem em segundo com 25%, Gilberto Kassab (PMDB) foi escolhido por 5% e Ana Luiza (PSOL) por 2%, enquanto Marlene Machado (PTB) e Kaka Wera (PV) obtiveram 1% cada.Fernando Lucas, Edmilson Costa, Genildo Moreira, Senador Fláquer e Juraci Garcia não atingiram a pontuação mínima de 1%, os votos em branco ou nulo totalizaram 13% e os que não sabem em quem votar 17%.
* Os candidatos Eymael (PSDC), Levy Fidelix (PRTB), Mauro Iasi (PCB), Rui Costa Pimenta (PCO), Eduardo Jorge (PV) e Zé Maria (PSTU) não alcançaram a pontuação mínima de 1% e, juntos, totalizaram 1% das intenções de voto.

A pesquisa foi realizada esta semana, nos dias 
29 e 30/9.