IR 2015, veja se você precisa declarar

content image
Estão isentas de fazer a declaração pessoas que não tenham atingido o rendimento mínimo de R$ 26.816,55 no ano, dentre outras situações citadas na matéria

Atendendo aos leitores que possuem dúvidas em relação a declaração do imposto de renda 2015, separamos uma lista com as características daqueles que devem declarar o imposto. 
Para precisar a preencher a declaração, o cidadão precisa se encaixar em pelo menos uma das situações de obrigatoriedade. Veja quais são:
– se o cidadão tiver ganhado em 2014, no total, R$ 26.816,55 ou mais em rendimentos considerados tributáveis (como salário, renda com aluguel, entre outros), é obrigado a fazer a declaração do IR.
– há rendimentos isentos, como lucros da caderneta de poupança, saques ao FGTS, heranças, entre outros. Mas eles têm um limite máximo: se uma pessoa ganhou mais de R$ 40 mil em 2014 nesse tipo de rendimento, está obrigada a fazer a declaração.
– se a soma total dos bens da pessoa for igual ou superior a R$ 300 mil, é obrigatória a declaração
–  pessoas da área rural que tenham obtido lucros acima de R$ 134.082,75 também são obrigadas a declarar o imposto.
–  quem teve ganho na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas deve declarar.
Estão isentas de fazer a declaração pessoas que não tenham atingido o rendimento mínimo de R$ 26.816,55 no ano, as que possuam bens que, somados, não cheguem ao valor de R$ 300 mil, as que tenham tido ganho menor que R$ 40 mil em rendimentos isentos e as que tenham lucrado menos de R$ 134.082,75 com atividade rural.