SP quer melhorar serviço de ônibus aumentando a oferta de viagens

content image
A licitação, que poderá ser disputada também por empresas internacionais, dará às empresas vencedoras a possibilidade de comprar as garagens das regiões onde irão operar

A nova licitação da prefeitura para o sistema de transporte de coletivo sobre rodas deverá fazer com que o número de viagens de ônibus na cidade aumente. O contrato de concessão – que terá validade por 20 anos, lançado na última semana, e disponibilizado para consulta pública a fim de receber críticas e sugestões por 30 dias – prevê aumento de até 24% da oferta de viagens, em comparação com o sistema atual, e aumento de 13% de assentos disponíveis

Enquanto o sistema atual oferece, durante 24 horas, em todas as linhas municipais, 186.350 viagens. Com o edital, o objetivo é ter 231.846 viagens diárias. Segundo a prefeitura, no pico da manhã, por exemplo, das 6 às 8h, são ofertadas atualmente 33.978 viagens em toda a cidade. No novo sistema, a projeção é de 43.978 viagens, um aumento de quase 28%. No pico da tarde, das 17 às 19h, o incremento na oferta será superior a 34%, passando de 29.404, atualmente, para 39.436 viagens.
O novo contrato prevê ainda que as empresas vencedoras deverão oferecer em todos os ônibus ar-condicionado, sinal wi-fi livre e a possibilidade do usuário recarregar o bilhete único na própria catraca do veículo. O horário das partidas não poderá mais ser controlado manualmente e será checado eletronicamente por um centro de controle operacional.