Entre Versos Controversos: o canto de Itaquera

content image

Os alunos da E.M.E.F. Prof. Aurélio Arrobas Martins, tiveram a oportunidade em junho de 2014, publicar um livro chamado: Entre versos controversos, no qual estão reunidos poemas de vários alunos. Continuamos com o trabalho e, nesse ano, apresentamos Entre versos controversos: o canto de Itaquera - vol. II. Nessa obra, a temática é voltada ao social: trata-se de um resgate da identidade da periferia e uma forma de “intervenção social” por meio da arte. 
Os poemas dos alunos não se resumem a exercícios de redação escolar, antes, estão ligados a aspectos mais profundos da ideologia e realidade deles. Seus textos buscam mostrar a importância de se pensar no outro e, por conta disso, há poemas no livro que tratam de preconceito racial, homofobia e transexualidade, segregação social, maioridade penal, etc. Em suma, em um mundo que cada vez mais parece estar envolto à intolerância e ao ódio, os alunos buscam sensibilizar por meio de suas próprias produções artísticas.
Ainda sobre o livro, há duas imagens centrais na obra: muros e pássaros. Os muros representam a segregação social e os estereótipos pelos quais as regiões de periferia passam; já os pássaros servem de metáfora para os jovens que buscam voar além dos estigmas, diferenças, preconceitos e injustiças sociais. Franz Kafka escreveu que “uma gaiola saiu à procura de um pássaro” e o que os alunos-poetas visam com seu livro é mostrar que, embora os olhares frios tentem engaiolá- los, os pássaros de Itaquera podem voar alto e mostrar a beleza de seu canto.
Daniel Carvalho, o jovem professor que, com métodos pouco ortodoxos, leva jovens a transformar em poesia todas as experiências diárias, faz nascer flores mesmo na brutalidade dos dias, faz chover música em tempos desérticos, sem as preocupações com modismos, clichês ou chavões.