Número de acidentes fatais cai drasticamente em SP

content image
A comunicação para avisar os motoristas sobre as alterações será feita com no mínimo três dias de antecedência, por meio de sinalização viária nos locais onde haverá diminuição e pelo envio de dados aos veículos de comunicação

Números da CET foram anunciados pelo prefeito Fernando Haddad (PT)

A queda ocorre no momento em que a Prefeitura reduz a velocidade máxima de diversas vias principais na cidade; iniciativa começou também nas marginais no mês de julho; no primeiro semestre deste ano, queda de mortes em acidentes no trânsito foi de 18%.
A redução de velocidade nas vias da capital está inserida no Programa de Proteção à Vida (PPV), iniciado em 2013. No ano passado, a redução do limite de velocidade foi implementada em 61 quilômetros de ruas e avenidas da cidade.
Desde julho, a velocidade máxima permitida nas Marginais Pinheiros e Tietê foi reduzida de 90 km/h para 70 km/h, no caso dos carros, e de 70 km/h para 60 km/h no caso dos caminhões que trafegam pela pista expressa. Nas pistas locais das duas vias, o limite passou para 50km/h. Na pista central da Tietê, a velocidade máxima passou a ser de 60 km/h. Somente em 2014, 73 pessoas morreram em colisões e atropelamentos nas Marginais.