Unifesp e Prefeitura inauguram edifício do Campus Zona Leste

content image
O campus fica na avenida Jacu-Pêssego, nº 2630, Itaquera - São Paulo

Espaço que abrigará polo de extensão e cultura é o primeiro passo para a implantação definitiva do Instituto das Cidades

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) e a Prefeitura de São Paulo inaugurou no dia 1 de julho, o primeiro edifício do Campus Zona Leste, que abrigará, inicialmente, um polo de extensão e cultura.
Viabilizado mediante apoio da Prefeitura, o edifício, de cerca de 800 m², conta com três salas de aula, um laboratório de informática, sala multiuso para debates e exposições, área para observatório de políticas públicas e centro de memória da Zona Leste, salas de reunião, secretaria e administração. O núcleo administrativo que funcionará no local dará sequência às ações de implementação do campus.
Vagas para a Zona Leste não serão liberadas pelo Governo Federal, entenda o caso
O Ministério do Planejamento, em resposta à consulta realizada pela senadora Marta Suplicy informou, em ofício de 19 de junho, que não haverá liberação de vagas para o Campus Zona Leste e que concursos públicos para servidores federais estão suspensos até o final de 2017. Tal manifestação rompe o pacto da Unifesp com o Ministério da Educação (MEC), celebrado em 2014, que previa a implantação deste Campus, com liberação anual de vagas de docentes e técnicos e abertura progressiva dos cursos de graduação. A Unifesp seguirá em negociações para a liberação das vagas e realização das obras e contará com o apoio dos movimentos da Zona Leste e movimentos por educação pública de qualidade para que a expansão possa continuar, em especial com a implantação do Campus Zona Leste.