O nascer de um candidato

Pesquisas recentes colocam o deputado Jair Bolsonaro como um dos favoritos ao segundo turno nas Eleições presidenciais que ocorrerão em 2018. Na mídia tradicional bem como na internet, encontra-se de tudo; portais noticiosos considerando o candidato como representante da extrema direita, outros considerando-o como centro-direita e outros até mesmo um liberal autoritário. Contudo, é preciso estudos para se chegar a uma conclusão. No Brasil, estranhamente o que se faz é o contrário, primeiro se avalia o sujeito pelas impressões iniciais, conclui-se com extremo imediatismo e, com o tempo, pesquisa-se sobre o objeto a ser estudado. Jair Bolsonaro tem uma carreira política desde 1991. De lá para cá, votou de forma conservadora em relação às novidades econômicas, assemelhando-se mais aos conservadores. Também apoiou auxílios para ex-militares, o que condiz com sua postura de defensor das causas morais e segurança pública. Mas, em nenhum momento, parece ser um sujeito anti-democrático e autoritário, como pintam-lhe pelas redes sociais. Sabemos que, no novo cenário político e eleitoral brasileiro, novas figuras surgirão até o final do ano que vem.

*E o VAR?
*Tá na boca do povo
*Prefeitura revisará algumas clicovias
*Brasil... salve-se quem puder