22 candidatos e um sonho

O país sente a atmosfera de uma nova eleição presidencial. Diferentemente do que estamos acostumados a vivenciar desde 1984, pela primeira vez, parece que as múltiplas ideologias tomam conta do cenário em detrimento ao que se conhecia por polaridade partidária. Até bem pouco tempo, os eleitores estavam acostumados a observar as pesquisas prévias e decidirem entre os dois ou três primeiros pretendentes. O que tem acontecido, nas últimas seis eleições presidenciáveis, é o embate entre PT e PSDB. Muitos apostam que essa mesmice chegou ao fim. Cientistas políticos renomados apostam que as boas ideias e campanhas bem trabalhadas na internet podem ajudar ao brasileiro enxergar muito mais adiante, pois, após tantas decepções com a corrupção desenfreada que atinge o país, do Mensalão ao Petrolão, da previdência aos estádios de futebol superfaturados, chegou a vez o brasileiro abrir os olhos e observar, sem preconceitos, de fato todas as oportunidades. Os candidatos vão confirmando suas candidaturas e o eleitorado terá a oportunidade, ao final deste ano, de mudar o rumo definitivamente, expulsando da vida pública os que não merecem mais os postos, colocando gente nova para tomar conta do nosso machucado Brasil. 

 

*E o VAR?
*Tá na boca do povo
*Prefeitura revisará algumas clicovias
*Brasil... salve-se quem puder